sábado, junho 17, 2006

Esqueci de mostrar pra vocês!

Olhem só o meu Harry Potter particular!

Ele me pediu pra fazer essa fantasia depois de ter visto uma igual na casa do Aksel, amigo da escola. Eu estava cheia de coisas pra terminar antes de a gente ir pro Brasil, mas não podia deixar de atender um pedido do pimpolho, né? Fui comprar os tecidos e, como, apesar do calor que tem feito, não estejamos enchendo a banheira com moedas de euros pra podermos nadar um pouquinho, eu tentei achar aquele que tivesse o menor número gravado na etiqueta!

Foram dois dias inteirinhos pra fazer o chapéu mais a roupa. Domingo e segunda, meio sem parar. Na segunda-feira, fim de tarde, eu comecei a aplicar as estrelas e a lua, nesse tecido prateado que é chatíssimo pra trabalhar. Eu não desisti! Queria terminar logo pra que essa fantasia não virasse mais um UFO na minha vida. Vocês não sabem o que é um UFO? É uma expressão que a gente usa entre patchworkeiras. Foi inventado pelas americanas e quer dizer UnFinished Objects, em português, objetos inacabados, ou seja, todos aqueles trabalhos que a gente começou mas não terminou. Pelo jeito esse é um fenômeno mundial entre as malucas que fazem patchwork: mil coisas começadas e não terminadas. Eu não sou diferente! Tinha um monte de UFOs quando a gente estava aí no Brasil e trouxe tudo pra cá, pensando, "já que vou ficar lá 3 anos sem fazer nada, então vou terminar tudo o que eu tenho começado!". Não só não terminei, como comecei várias outras coisas, o que quer dizer que a Nasa está jogando dinheiro fora com essa busca de UFOs pelo espaço. É só abrir o armário aqui de casa! (E de todas as que fazem patchwork aí pelo mundo...)

A regra de ouro para não dar à luz mais um UFO na sua vida é: comece e termine imediatamente! Enrolou uns dias, encostou num cantinho, pronto! Lá está mais um ser desses pra te atormentar o sono! É por isso que eu não queria deixar passar muito tempo da fantasia. Eu tinha de começar e terminar logo!

E assim foi. Tanto que na segunda-feira, uma da manhã mais ou menos (o que quer dizer que já era terça, mas tudo bem), eu dei o último ponto que fez parar no lugar a última estrela! Eu estava acabada de cansaço, mas feliz!

Como eu tive de fazer as aplicações a mão por conta de detalhes técnicos que não têm muita importância, elas estavam meio "gordinhas". Eu achei que tinha de dar uma passada a ferro pra assentar bem. Só que, uma da manhã, depois de dois dias inteiros, mais o cansaço, mais todo o resto, e sem contar a minha mais absoluta falta de senso, atenção e sei-lá-mais-o-que, liguei o ferro no último e, infelizmente, só percebi isso quando encostei ele na roupa e vi abrir um buraco!

É, eu também fiquei com vontade de chorar! Falei uns 10 palavrões, bati o pé no chão igual criança, olhei o buraco de novo, falei mais uns 50 palavrões, solucei, fiz beicinho e nada adiantou! Comecei a pensar no que fazer, mas só me vinham à mente idéias nefastas, desde jogar o ferro pela sacada, até a picar a fantasia em mil pedacinhos. Achei que o melhor era ir dormir...

No dia seguinte, mostrei pro Vidal e ele disse: "Coloca uma cauda aí nessa estrela, transforma ela num cometa e pronto! Nem mostra pra ele!". Eu achei uma ótima idéia e foi o que eu fiz...

Só que demorei uns dias, e a fantasia só não virou um UFO de verdade porque o Felipe ficava perguntando "Já tá pronta?" a cada uma hora e meia mais ou menos.

Enfim, eu terminei e chamei ele pra experimentar. Só que o danado é super observador e a primeira coisa que ele disse foi: "Olha só, tem um buraquinho aqui..." mostrando uma aberturazinha mínima que o ferro tinha feito na estrela do lado do buraco. Eu fiz um "Ahn? O que?" e fui chamando atenção pra outra coisa e puxando ele pra sacada pra poder tirar fotos. Ele foi, tirou as fotos, depois deu uma esticada na roupa e ficou olhando pra baixo meio pensativo. Eu perguntei o que era e ele disse: "Na fantasia do Aksel tinha esse cometa?". Eu só não gelei porque estava um calor do caramba. Já pensei que a fantasia que eu passei horas fazendo ia ficar pra sempre dentro do armário pra ser, quem sabe, abduzida por algum UFO. Eu conheço a peça. Ele não fala nada, mas simplesmente não usa mais a roupa, ou o brinquedo se ele não estiver impecável. Daí eu disse: "Claro que não! Mas é que a sua é especial! Esse aí é o cometa do poder!"

Se ele engoliu, não sei... Ainda não vi ele usando a fantasia...

2 comentários:

Bruna disse...

ehehe, seu Harry Potter particular é muito fofo :O))
Adorei a fantasia! Vou te adicionar no flickr.
Ah, eu também tenho uma porção de UFOS e não só de patch. Acumulo UFOS de ponto cruz :(
beijocas

Patricia disse...

Juliana, estou aqui rindo sozinha! Que observador seu Harry Potter, não? A fantasia ficou linda!